Se os dados desmentem a narrativa, alteram-se os dados

Se os dados desmentem a narrativa, alteram-se os dados

A DGS Inglesa (PHE)  tinha um problema para justificar, como tem a DGS Portuguesa, a mortalidade em excesso que não se pode atribuir a covid. Como havia muitas perguntas porque morreram tantas pessoas em excesso quando é muito muito muito raro haver picos de mortalidade, mudaram a classificação. Todo o excesso passou a ser covid. Deixa de haver perguntas. Genial.

No primeiro gráfico do relatório emitido em Julho há milhares de mortes em excesso não covid – a branco. No mais recente relatório é tudo covid, tudo amarelo, abaixo dos 75 anos, os unicos realmente afectados.

Está em curso uma operação de lavagens de dados no UK – saida de Gales do euromomo e reclassificação – que vai fazer qualquer traficante de drogas ficar envergonhado e ansioso de ter tais técnicas de lavagem. Estes “funcionários públicos” tem uma carreira promissora no negócio branco.

Estou a começar a notar um certo pânico com a chegada do fim do ano e dos balanços do deve e haver. Até vão gritar quando lhe puserem os números da Suécia à frente…..

Se os dados desmentem a narrativa, alteram-se os dados

Se os dados desmentem a narrativa, alteram-se os dados

Anterior
Próximo