Mais uma prova da burrice dos scimentecaptos

Mais uma prova da burrice dos scimentecaptos

Mais uma prova da burrice dos scimentecaptos
Os lorpas do scibosta “baseada em evidência” desesperados por explicar porque é que a gripe desapareceu também na Suécia sem medidas, demonstram que são mais tansos que uma pedra.

Inventam a teoria do R0 desceu. O desespero que chegam para não admitir serem caciques partidários puros.

Dizem os “baseados na aldrabice” que as medidas fizeram descer o R0 e que fez desaparecer a gripe. Como não conseguem explicar como é que medidas com 20% de eficácia máxima conseguem reduzir 97% da gripe num país que não tomou tais medidas, atiram um espantalho para o ar, o R0, para disfarçar

Dizem os alucinados que “aplicamos medidas que reduzem infeção 40%…. o R0 cai também 40% e a infeção desaparece”

Provam a burrice total.

Primeiro: o R0 é intrínseco ao vírus, não de “medidas”, dos factores sociais, de nada além das características biológicas do virus. Dizer que as medidas reduzem o R0 é um erro básico de epidemiologia, que devia envergonhar qualquer médico  digno do nome. A evolução e infeciosidade de um epidemia é medida por Rt, esse sim influenciado pelo ambiente.

Não  sabem sequer que a(s) fórmula(s) de cálculo de R0 não são lineares e que portanto reducoes de x% das variáveis não levam a redução x% igual do resultado. Ignorantes óbvios a tentar enganar tolos com pseudo matemática que nunca estudaram.

Depois, fica por explicar na sua alucinação porque é que, assumindo que o Rt fosse linear, como é que medidas tão leves na Suécia, logo com reduções de R0 muito menores, levam a um desaparecimento da gripe EXACTAMENTE igual 97% em abril e agora no outono como nos restantes países.

Muito menos tentam explicar porque é que os restantes corona, fisicamente e quimicamente iguais, também desapareceram. Só conseguem alucinar uma coisa de cada vez.

 

Anterior
Próximo