Como comprar quem contesta

Como comprar quem contesta

Era uma vez uma manifestação em frente à assembleia, uma greve de fome, de donos e funcionários de restaurantes. Era uma vez um chefe famoso da televisão, presente na manifestação durante dias, fotografado com punho ao alto e fumo. Era uma vez uma sector de actividade totalmente destruído pela doença mental colectiva.

Era uma vez um canal de televisão do grupo Impresa. Era uma vez um irmão do primeiro ministro director desse grupo Impresa.

Era uma vez um chefe famoso contratado para trabalhar nesse canal poucas semanas depois de dar voz.

Esse chefe faz um programa, que é de facto um restaurante, com cozinha e clientes a consumir.

Eu só pergunto: a lei, que levou esse chefe para a assembleia demonstrar a morte e a fome que um sector enfrenta, tem alguma excepção para o restaurante televisivo? Alguém me explica qual é a lei que lhes permite  ter um restaurante aberto? Um restaurante muito conveniente que calou uma voz desalinhada

Ainda precisam que gozem mais com a vossa cara submissa, de máscara?

Como comprar quem contesta

Como comprar quem contesta

Anterior
Próximo