Antes que se lembrem de colar rótulos anti-vacinas

andre-dias.net

As vacinas são um avanço cientifico tremendo e essencial.

Não tenho qualquer oposição a vacinas ou vacinação. Tenho dois filhos e tem todas as vacinas em dia, sendo que o mais velho tem uma vacina extra que não faz parte do plano. Tenho todas as vacinas em dia, por opção e por ética profissinal pois tenho contacto com o sistema de saúde.

Todos os posts que faço são exclusivamente sobre a inexistência de aprovação das vacinas covid-19, da sua introdução no mercado por mecanismos de “emergência” que não existem para vacinação, mas para casos pontuais.

Os detalhes da não aprovação e dos riscos, estão explicados neste post

As vacinas não estão aprovadas, estão a ser administradas em abuso dos procedimentos

Adicionalmente uma das vacinas, mRNA, tem um risco conhecido que não foi estudado de forma aceitável. As vacinas mRNA podem causar um efeito de agravamento da doença, contrário ao que se espera, efeito ADE. Não se compreende completamente a tecnologia e a causalidade deste efeito, mas é reconhecido com o grande calcanhar de Aquiles desta tecnologia. Logo a sua colocação no mercado com um número irrisóiro de participantes na fase III representa um risco inaceitável.

worsen COVID‐19 disease via antibody‐dependent enhancement (ADE). Given the strong evidence that ADE is a non‐theoretical and compelling risk for COVID‐19 vaccines

Risco de vacinas não foi explicado a participantes do ensaio

Tenho reservas sobre a vacinação da gripe, por falta de prova clara de eficácia. Não faço comentários públicos sobre vacinas da gripe pois acredito – crença mesmo – que é uma decisão exclusivamente pessoal. Não vejo vantagem nenhuma da imunidade de grupo na vacinação da gripe, em virtude da faixa etária alvo  e da baixa indução de imunidade associada a sistema imunitários debilitados.

Todas, sem excepção, as vacinas infantis e da adolescência são fundamentais e assentam em décadas e séculos de prova. Não há nenhuma vacina no mercado que sofra deficências remotamente semelhantes às que estas vacinas covid-19 apresentam. A imunidade de grupo, por ser baseada em imunidades fortissimas, é também ela essencial nesses grupos etários e é um perigo colossal a redução de toma em certos grupos sociais. Defendo a introdução de duas vacinas adicionais no plano de vacinação, numa lógica de que já controlamos os grandes assassinos, podemos adicionar agora vacinas para “doenças secundárias”. Activamente cortei o contacto com pessoas que publicamente defendiam a não vacinação sem apelo nem agravo.

 

Anterior
Próximo