Produtos não essenciais no mundo dos lunáticos negacionistas

Do país de Gales, foto de supermercados que consideram sementes para produzir alimentos algo “não essencial”. Isto ultrapassa todos os niveis de estupidez, uma prova da demência colectiva que nos metemos em nome de uma gripe.

Em breve num supermercado perto de si, na nova politica de terra queimada de políticos fétidos. Produtos não essenciais no mundo dos lunáticos negacionistas

Anterior
Próximo