Na Escócia a policia já invade casas para “proteger”

Na Escócia a policia já invade casas para “proteger”

Por causa de uma denuncia de “pessoas dentro de casa” a policía Escocesa já está a usar os novos poderes ditatoriais, escritos com a desculpa da pandemia. Por queixa de um vizinho, que denunciou por “violação de regras” e na verdade eram enfermeiros a transportar a filha do casal para casa depois de internamento hospitalar. Um nivel de demência ditatorial e bufos sociais inimaginável.

Durante séculos a policía Britânica teve como lema e juramento

I, … of … do solemnly and sincerely declare and affirm that I will well and truly serve the Queen in the office of constable, with fairness, integrity, diligence and impartiality, upholding fundamental human rights and according equal respect to all people; and that I will, to the best of my power, cause the peace to be kept and preserved and prevent all offences against people and property; and that while I continue to hold the said office I will to the best of my skill and knowledge discharge all the duties thereof faithfully according to law.

Já não tem. Hoje a policia prova que serve a lei e os que a escrevem acima de proteger os direitos humanos. Só em momentos e guerra no UK a policia foi autorizada a entrar em casas sem mandato judicial, durante séculos tal primazia da privacidade e intimidade foi elemento máximo. Deixou de o ser. Hoje a denuncia de um vizinho tem mais valor que o direito humano à privacidade e intimidade.

 

 

Anterior
Próximo