Enquanto brincam ao Covid, doenças perigosas matam

andre-dias.net

Enquanto oportunistas e ignorantes brincam ao “ai que é tão perigoso” com um virus banal, doenças realmente mortais, o Sarampo, ganha terreno.
Depois de décadas de esforço cientifico e programas de vacinação com pés e cabeça, para imunizar grandes fatias da população mundial contra o Sarampo, os politicos ignorantes em busca de sobrevivência da sua carreira, mandam parar a vacinação para brincar ao “eu faço mais que tu”. O resultado, niveis de vacinação a regredir décadas, o número de mortos – CRIANÇAS – a aumentar sem controlo.

Néscios com medo de um virus banal que já circula há anos, com consequencias banais em franjas da população já muito debilitada deixam em roda livre uma doença que mata pessoas – não é matar de “teve teste positivo logo morreu disto”, é mesmo matar pessoas sem qualquer outra doença, crianças saudáveis, MATAR.

Em vez de assegurar vacinação com provas mais que dadas, suspendem-na para andar a injectar mistelas sem estudos de segurança nem de eficácia, mistelas que no dia seguinte começam logo a dar sinais de reações adversas importantes. Uma irresponsabilidade que tem que ser julgada.

Millions of children are at risk of the disease again this year as restrictions imposed to contain the COVID-19 pandemic further disrupt immunisation programmes, the report co-led by the World Health Organization (WHO) said.

“COVID-19 has resulted in dangerous declines in immunization coverage,” Seth Berkley, chief executive of the GAVI global vaccine alliance, said.

Anterior
Próximo