Confinamento não parou mortalidade, mas destruiu vidas

O confinamento nos EUA não correlaciona com mortalidade mas correlaciona com aumento de desemprego. Não serviu para parar a mortalidade, mas serviu para destruir as vidas.

Grafico da esquerda, não há correlação entre medidas tomadas e mortalidade, no gráfico da direita há correlação entre medidas tomadas e aumento de desemprego. Numa imagem o resultado da psicose coletiva, cujos efeitos estamos muito longe de saber.

Confinamento não parou mortalidade, mas destruiu vidas

Anterior
Próximo