Uma prostituta vende jornalixo por ciência

Uma prostituta vende jornalixo por ciência

O(s) autor(es) da página “baseada na evidência” debita mais chorrilho de disparates enquanto se designa o grande guardião de “baseado em ciência”. Prostituição mais barata não é possível.

Pois diz que “este artigo bateu mesmo” e lança-se num arrozado de “mais infeciosa, mais mortal, mais come criancinhas, mais vamos morrer todos se não destruirmos o resto da sociedade”.

Que artigo é esse? Um artigo revisto por pares? Um artigo de um estudo empírico? Um estudo, quem sabe, de uma revista cientifica de topo?

Não, claro que não, o “baseado em evidência” para estes trastes que alimentam a histeria, é um artigo do jornalixo sem qualquer capacidade critica! De jornalixo sem editores de ciência a filtrar mentiras abjectas. Um chorrilho de números e designações de variantes e, não podiam faltar as, imagens de cemitérios!!

Esta gente sem pejo acusa quem não alinha na sua alucinação de ticos lavados mais brancos de “negacionistas”! Isso mesmo: são mais quadrados que porta de pocilga, incapazes de analisar um único dado estastístico,  querem é silenciar tudo o que discorda da narrativa do seu governinho docinho.

Que já sabe o que vai acontecer no próximo inverno, que já prevê a 12 meses se não obedecerem à destruição gratuita, que não os afecta com as suas mamas bem garantidas.

Dizendo que “consegui manter a racionalidade”!!! Como uma barata com um foco em cima, uma racionalidade fenomenal!

 

Uma prostituta vende jornalixo por ciência

Anterior
Próximo