Revisão de literatura sobre falhas do teste PCR

Revisão de literatura sobre falhas do teste PCR

Há pouco mais de um mês foi publicada uma revisão e pedido de retração do protocolo PCR desenvolvido pelo Charité de Berlim por manifesta e insanáveis falhas gritantes no protocolo, por óbvios conflitos de interesse e total ausência de revisão por pares. Já tinha falado sobre tal.

Review report Corman-Drosten et al. Eurosurveillance 2020

 

Agora foi pré-publicada uma revisão de literatura sobre resultados de utilização do mesmo protocolo PCR. São demolidores da credibilidade e integridade ética da equipa de Drosten et al.

Há 20 publicações científicas com dados REAIS de laboratórios activos – que fazem testes para os sistemas de saúde – que indicam problemas gravíssimos de falta de qualidade e de controlo do protocolo usado na esmagadora maioria dos laboratórios. Desde escolha dos alvos errados que não asseguram de forma nenhuma a deteção de virus, a contaminação de reagentes. Há de tudo.

O que não há, é uma retração ou sequer resposta de Drosten et al nem da revista que publicou o trabalho sem revisão por pares. Os autores da revisão, explicitamente e justamente, começam a colocar em causa a integridade científica, ética e legal de todos os envolvidos. Publicaram o protocolo em 2 dias quando não havia qualquer indicação possível de o vírus ser grave ou não (havia 5 mortos confirmados à data), mas levam mais de 2 meses a responder a dúvidas fundamentadas sobre o protocolo e a revisão por pares.

https://drive.google.com/file/d/10gC0muYwWEatZREUZjN8C85-Hznc9Y5b/view

 

Revisão de literatura sobre falhas do teste PCR

Anterior
Próximo