Os “baseados em evidência” que lucram com o circo

Os “baseados em evidência” que lucram com o circo

Andam por aí personagens muito lestas a mentir sobre o número de mortos – “hoje vamos ter quase 300 mortos [com covid]” disse preto no branco. Personagens que querem tudo fechado, que dizem que nunca se viu nada assim, que não conseguimos aguentar.

Personagens que são sócios fundadores de empresas a vender testes milagrosos. A ganhar bom dinheiro com o medo que promovem.

Personagens que promovem a perseguição a colegas por emitirem opinião. Personagens que apelam à denúncia de colegas porque emitem opinião. Personagens que são “especialistas” para o jornalixo por terem criado uma página web. Personagens que ficam nos ultimos lugares – 248 em 293 avaliados – com notas mediocres no internato da especialidade médica. Personagens com ligações umbilicais ao governo.

Personagens sem vergonha com mais conflitos de interesse que político no parlamento. Personagens para quem a vida dos outros não interessa, só o seu lucro e o dos seus. Personagens mais fétidas que cloaca Romana.

 

Os “baseados em evidência” que lucram com o circo

Os “baseados em evidência” que lucram com o circo

Os “baseados em evidência” que lucram com o circo

Os “baseados em evidência” que lucram com o circo

Os “baseados em evidência” que lucram com o circo

 

Anterior
Próximo