Continua o circo da nova variante Britânica

Continua o circo da nova variante Britânica

Agora que já gastaram os cliques possiveis de sacar de “70% mais infeciosa”, viraram-se para o “mais mortal”. Quem é que faz tal afirmação? Neil Ferguson, ele mesmo. O mentiroso dos milhões de mortos no UK, que repete a mesma mentira há décadas.

Os dados para tais afirmações? Detalhes irrelevantes… O que importa é dar conferências de imprensa alarmistas antes de reuniões com politicos ignorantes.

Certezas do que está a dizer? Irrelevante

A letalidade de “casos” caiu na Inglaterra de 3.01%  no dia 12/12/2020 para 1.98% a 27/12/2020, segundo os dados da ONS. Exactamente a meio do periodo que supostamente uma variante 70% mais infeciosa e 30% mais letal estaria a tomar conta de tudo. Impossivel.

Olhando para os dados

https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/955239/NERVTAG_paper_on_variant_of_concern__VOC__B.1.1.7.pdf

Não há qualquer dado de mortalidade acrescida. Nem sequer há dados de hospitalização acrescida. Nada tem qualquer valor estatistico, são apenas lixo de testes PCR com 2 alvos activos versus o que já era uma aberração de 3 alvos. Representa uma fatia irrisória de mortes, apenas estudaram 8% do total. Ao não haver formalmente indicação de hospitalização acrescida, torna-se uma aberração especular que pode matar mais sem internar mais.

The dataset used in the LSHTM, Imperial, Exeter and PHE analyses is based on a limited subset of the total deaths. This includes approximately 8% of the total deaths occurring during the study period. Of all coronavirus deaths, approximately 26% occur in individuals who have had a Pillar 2 test, and only 30% of these have S-gene data.

O risco da mortalidade é residual, e como tal usam a manipulação tipica de usar risco relativo para fazer parecer muito maior. “aumento de 30% ou 90% do risco de morte” quando o risco de morte é 0,00001%, aumentando para 0,000013%. Morre mais uma pessoa por dia, uma absoluta irrelevancia epidemiológica (por muito que os flores de estufa não queiram aceitar, a morte faz parte da vida)

A única conclusão do relatório é

There is a realistic possibility that VOC B.1.1.7 is associated with an increased risk of death compared to non-VOC viruses.

Apenas palavreado sem sabor de “isto não tem ponta por onde se lhe pegue”, transformado pelo jornalixo em certezas e fim do mundo. Há uma probabilidade realistica de eu morrer atropelado por um trenó de caes. Daí a correr quando me batem à porta de medo de ser um cão, vai muita distância.

São literalmente as mesmas pessoas, com a mesmas mentiras de 2020 e o mesmo povo a ser escravizado. Ninguém quer questionar estes personagens obscuros. Sempre a mesma lenga lenga do jornalixo desesperado, sempre os mesmos politicos servis.

Continua o circo da nova variante Britânica

 

Anterior
Próximo