84% falsos positivos na universidade de Cambridge

84% falsos positivos na universidade de Cambridge

84% falsos positivos na universidade de Cambridge

A universidade de Cambridge testou 10934 alunos, voltou a testar 43 “casos” e concluiu que dos “casos” 84% são falsos positivos.

Esta é a qualidade de testes que nos levam ao suicidio colectivo. 84% são falsos positivos, os testes são lixo estatistico. Milhões de pessoas foram mandadas prender porque uma cáfila inventou um teste ignóbil.

Universiade de Cambridge, não é uma chafarica apimentada a charlatões muito “especialistas”.

A prevalência ficou em 0,02%, uma doença trivial na prática inexistente por afectar tão poucos de forma tão leve.

Os influencers aldraboes da moda continuarão a dizer que os falsos positivos são raríssimos. Que a sua base na “evidências” serve para tudo menos para basear.

Que os doentes internados “esses são falsos?” Incapazes de perceber que os números de internamos e mortos são decididos exactamente com o mesmo teste, e que os hospitais nunca estiveram tao vazios.

84% de falsos positivos. Leram bem. Oitenta e quatro.

Aquelas Cuevas que vos mostram todos os dias para vos culpar de terem ousado viver no Natal? Lixo total.

As escolas fechadas que juram fizeram baixar o contágio? O contágio é uma alucinação 84% falsa.

https://www.cam.ac.uk/coronavirus/stay-safe-cambridge-uni/asymptomatic-covid-19-screening-programme

Anterior
Próximo