Quando se fazem contra provas: 97% são falsos positivos

Quando se fazem contra provas: 97% são falsos positivos

Isto é de Outubro quando na verdade não havia “pressão” nenhuma. Imaginem a “pressão” dos laboratórios agora.

Uma vila na Baviera teve 60 casos positivos. Alguém no hospital com dois neurónios mandou retestar tudo. Mandou fazer contra prova. 97% eram falsos positivos.

Mas os cavaleiros do apocalipse vendedores de máscaras e defensores da mãe secretária de estado até ao fim que são “rarissimos”. Nem com o presidente da República à frente dos cornos, nem com os clubes de futebol um atrás dos outros com falsos positivos sem fim. Nada.

Agora imaginem o que são os laboratórios hoje, a fazer 60 000 testes por dia em Portugal, a “pressão” e a quantidade de “erros” que causam. Os números que vos vendem são uma farsa.

The MVZ Laboratory in Augsburg, Bavaria, blamed a high number of tests, a shortage of reagents and time pressure for the false diagnoses, which occurred over a one-week period.

https://news.trust.org/item/20201028094151-4x6jj

Quando se fazem contra provas: 97% são falsos positivos

Anterior
Próximo