Os elogios

andre-dias.net

Há uma semana publiquei os insultos e ameaças que recebi. Felizmente foram as poucas que recebi. Há algumas críiticas mais no limiar do insulto, mas ameaças e insultos cristalinos são poucos.

Mas em nome de transparência e equilibrio, devo também publicar alguns dos elogios, que felizmente ultrapassam em várias ordens de grandeza os insultos. Alguns exemplos, sem qualquer intenção de especial significado, apenas por serem os que mais me marcaram recentemente.

A todos um obrigado.

Boa tarde André Dias,

A razão deste contato serve tão só para expressar a ideia que tenho que teve de facto que sujeitar-se a uma exposição muito negativa ao ter assumido a posição que assumiu desde praticamente o início deste histeria mundial. É necessário uma fibra muito especial para aceitar ser vilipendiado e ofendido por qualquer pessoa com acesso à internet.
A sua mensagem diária, juntamente com outros, tem sido muito importante para ao longo de todos estes meses tentar olhar com sobriedade para algo que tem muito de cariz ébrio.
Um dia a ciência, espero, colocará o rumo dos acontecimentos onde este já deveria estar há muito. Creio que a argumentação, para os técnicos e com conhecimento na área de epidemiologia deverá sempre ser factual e de carácter técnico com base na informação acessível que entendo não é a desejável num estado de direito.

Bem haja e obrigado por ter tido, com base na sua formação, a coragem para fazer o que faz.


Sou médico e agradeço o seu esforço desde há um ano para denunciar esta falácia.
Infelizmente, constato que são os meus próprios colegas que não aceitam que se trata de uma gripe igual aos outros anos.
Quando refiro os vários estudos tratam-me de negacionista.


Gostaria de começar por assumir que fui um dos que o apelidou de irresponsável no inicio deste circo. Enfim…acho que era cedo demais para mim. Tinha . que absorver um pouco mais do contexto
Contente-se porém, pq ha já bastantes meses que começo a achar que ou esta gente é estupidamente incompetente; ou estão realmente propositadamente a omitir algo; ou um pouco de ambos. Ou seja, com o desenrolar dos acontecimentos, sou forçado a estar mais inclinado com a sua linha de raciocínio.
Deixei de acompanhar os números, pelo menos voluntariamente, pq sou constantemente bombardeado pelos mesmos, mas havia algo que eu ja desde o inicio acho que fazia sentido calcular para desmascarar esta gente, e como o André tem-se mantido em cima da questão e com acesso a dados, talvez ja tenha feito o calculo do rácio de positivos para testes efectuados. Seria interessante olhar para a estabilidade desta linha ao longo do tempo, e poderia ajudar a demonstrar a teoria do “surto de testagem”.
Um Abraço ,


Antes de mais quero dar-lhes meus sinceros parabéns pela sua coragem , seriedade , frontalidade de NÃO ter-se deixado vergar à forma como infelizmente nosso (DES)gorverno e respectivo PR estão a lidar com a Covid-19.
VVi sua entrevista ao programa a Cor do dinheiro do Camilo Lourenço , o qual sou “seguidor” muitos anos …. tal como você ele também é aquela pessoa que luta por uma transparência das “coisas” que ocorrem neste belo país chamado PORTUGAL mas infelizmente (des)gorvernados por gente medíocre em muitos largos anos desta “jovem democracia”


Saí do facebook e nunca mais falámos – espero que estejas bem. Obrigado pelo teu trabalho. Imagino que neste momento e neste contexto já poucos consigam ouvir – qt mais perceber – a mensagem.
Em todo o caso obrigado pelo teu esforço, com toda a carga de abuso que imagino que acarrete.


Boa tarde Dr. André,
procuro ler todos os seus artigos e só tenho que lhe agradecer por tudo o que faz. Sei que não precisa da meu incentivo mas queria pedir-lhe de nunca desanimar perante os ataques que recebe e de continuar com o seu óptimo trabalho. Precisamos de homens como o Dr. André.


Já o tendo contactado previamente, venho, esperando não o estar a incomodar, contactar novamente para algo de mais concreto.
Por um lado, e porque, conforme antes referi, acho louvável o seu esforço, venho colocar-me graciosamente à sua disposição, dentro da minha disponibilidade, para algo que necessite dentro da minha área profissional

 


Em primeiro lugar quero agradecer o seu esforço que resulta neste website que informa bem mais que os canais noticiosos em Portugal.
Tenho visto a maioria das suas publicações, e queria chamar à atenção que há 1 ou 2 artigos que não têm nenhuma fonte, mas fora isso, todos os seus artigos estão bem explicados, com dados corretos e de fontes credíveis.

 

Anterior
Próximo