Israel tem infeções impossiveis

Israel tem infeções impossiveis

O que se mostra no gráfico de mortos por milhões para Israel pura e simplesmente não acontece numa infeção. Impossível. A mortalidade cair a pique para 1/4 durante 3 semanas e disparar logo de seguida. Passa de 4/milhão para 1/milhão e volta a 4/milhão em 4 semanas. Biologicamente, epidemiologicamente, fisicamente impossivel.

Isto não é uma pandemia, isto é uma burrocracia. Parem com testes PCR já, acabem com este circo de lixo estatistico já.

Se precisamos de fazer testes PCR para atribuir mortos a uma causa, não é a causa que nos preocupa é o resultado aleatório do teste.

Obviamente o número de testes determina o número de mortos. Basta ver a mesma queda abismal nos testes. Para os néscios que tentam justificar “há mais testes porque há mais infectados, não é ao contrário”, fica assim clarissimo que o que determina o resultado  – mortos e casos – é o número de testes. É impossivel o comportamento da mortalidade ser este e portanto ser a força motora dos testes.

Israel tem infeções impossiveis

Israel tem infeções impossiveis

Anterior
Próximo