Como burro a olhar para um palácio

Como burro a olhar para um palácio

Como burro a olhar para um palácio
No Facebook Artur Rodrigues apresentou a curva típica de evolução de uma epidemia, resultante do chamado modelo SIR, a técnica mais essencial e utilizada na previsão de epidemias. Uma curva em forma de sino que eu refiro como “curva normal” de forma muito simplificada, melhor descrita por uma curva Gompetz. Esta curva.

Como burro a olhar para um palácio

Qualquer pessoa que tenha algum dia estudado epidemiologia conhece esta curva, de tão importante e central. Alguém que este ano tenha tido o mínimo interesse em estudar a irracionalidade reinante reconhece esta curva.

Pois um dos “especialistas” que mais influenciam o governo na destruição do país, participando no circo das reuniões infarmed, Carlos Antunes, um eng. geográfico, demonstra num comentário a Artur Rodrigues  não ter qualquer base científica de epidemiologia, demonstra estar a fazer exclusivamente um exercício de charlatanice ousada.

Pergunta que curva é aquela!!!!!?

Pergunta qual o comportamento de derivadas! Mas acima de tudo usa um exemplo de um CARRO para mostrar um argumento qualquer alucinado sobre uma epidemia, um sistema social, biológico e meteorológico ultra complexo!

Carlos Antunes vende conceitos triviais de física – velocidade e aceleração- aprendidos no 10 ano, como sendo modelação epidemiologica avançada e desconhece por completo as ferramentas essenciais de epidemiologia – o modelo SIR, modelação estocástica.

Comprrendem agora o buraco de pseudo especialistas que políticos incompetentes e media  acéfala cavaram? Onde vos meteram?

É esta gente que justifica a vossa prisão, a destruição da educação dos vossos filhos, a perda dos vossos salários. Esta gente. Enquanto silenciam a experiência do Prof Jorge Torgal.

Criminosos.

Anterior
Próximo