1 000 000 cancros não diagnosticados

Estimativas de um milhão de casos de cancro não diagnosticados para andar a “diagnosticar” testes positivos como doentes de uma infeção respiratória banal. Como destruir a saúde a uma população em nome de um subversão Dantesca da missão dos sistemas de saúde, transformados em narrativas de que “temos de ajudar o sistema de saúde”!

Como estilhaçar séculos de prática clinica de diagnóstico e usar um teste de fraquissima qualidade para inflacionar números de uma doença respiratória banal, e em nome de cuidar do que é banal abandonaram milhões de casos com real risco de vida e com consequências dramáticas na qualidade de vida.

Como trocar a saúde e bem estar pela hipocondria patológica.

1 000 000 cancros não diagnosticados

Anterior
Próximo