andre-dias.net

Quando vos tentarem enfiar “variantes” pela goela

Quando vos tentarem enfiar “variantes” pela goela

Quando vos tentarem enfiar na goela mais uma “variante” muito perigosa, muito infecciosa, muito capaz de justificar o continuarem a ser carneiros, mostrem isto.

É um diagrama de mutações, variantes e estirpes. Tudo exactamente o mesmo, tudo absolutamente banal nestes vírus e que não representa absolutamente risco nenhum, coisa nenhuma além da natureza como ela é!

Há décadas que se sabe, há décadas que se mapeiam as estirpes do Influenza, e a cada outono se estima as probabilidades e assim se combina a vacina de cada inverno (vacinas testadas e aprovadas, com populações alvo bem definidas!)

Não há “variantes” nenhumas de corona, há dezenas de milhares de mutações. Mutações banais, mutações sem significado.

É estatisticamente IMPOSSÍVEL que um vírus apresente 5, 6 mutações “40% mais perigosas” numa época! Basta ter o mínimo de conhecimento de genética e probabilidades para saber que dada a esmagadora probabilidade de uma mutação ser destrutiva, uma verdade insofismável na natureza, é impossível terem aparecido 5 mutações altamente selectivas em poucos meses. São probabilidades de 1 em mil triliões, da grandeza de um grão de areia no sistema solar!

Não passam de mentiras descaradas por parasitistas que ganham ainda mais dinheiro a fazer sequenciacão genética de vírus inócuos. Se os testes representam uma mina, 5 ou 50 euros cada um, as sequências genéticas são 100 a 1000 euros cada uma. Uma mina para “cientistas” da treta, mamadores profissionais.

 

Anterior
Próximo
Exit mobile version