andre-dias.net

Falsos positivos levam ao cancelamento de testagem absurda no Ontário

andre-dias.net

Um estudo de retestagem de amostras “positivas” no Ontário levou ao cancelamento das aberrações de testagem e prisão ilegal.

A ciência a provar e guiar as decisões. Produção de prova inequívoca de elevadíssimas percentagens de falsos positivos em programas de testagem aberrante na sociedade sem qualquer sintoma ou criterio.

85% dos positivos no grupo de testagem na população eram falsos positivos.

Um estudo baratíssimo, que salva o colapso social e de saúde mental.

Mas os oportunistas especialistas nacionais continuarão a dizer que não existem falsos positivos. Merecem a prisão por fraude!

https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.03.02.21252768v1.full-text

 

The results of this study have implications for informing future testing approaches, including the utility of conducting broad screening with PCR-based tests in settings with low pre-test probability. For example, in Ontario, this work has been used to inform recent public health approaches, resulting in discontinuation of unnecessary public health management such as case isolation, contact tracing, and outbreak declaration for asymptomatic SARS-CoV-2 rRT-PCR positive persons with low pre-test probability who are negative on retesting

 

Anterior
Próximo
Exit mobile version